Lombalgia. Conheça os sintomas e como pode prevenir

A lombalgia é um dos problemas médicos mais comuns, afectando 8 em cada 10 pessoas num dado momento das suas vidas. Esta dor nas costas pode variar de uma monótona dor constante a uma dor súbita e aguda.

A lombalgia aguda surge subitamente e geralmente dura de alguns dias a algumas semanas, e é chamada crónica quando dura mais de três meses.

A dor lombar afecta a parte inferior das costas em qualquer lugar abaixo das costelas. A região lombar é uma zona da coluna vertebral (33 vértebras) constituída por cinco vértebras mais o sacro que é constituído por 5 ossos unidos entre si. Estabelece a conexão entre a parte superior e inferior do corpo, e suporta a maior parte do nosso peso. Devido a estas funções, é facilmente sujeito a lesão quando sujeito a movimentos mais bruscos, tais como: levantar, torção.

Quase todos nós já tivemos uma dor lombar. A boa notícia é que a dor lombar desaparece em poucas semanas com alguma prevenção básica. Mas se a dor é grave ou durar mais de um par de semanas, consulte o seu médico.

O que causa a dor lombar?

A lombalgia é muitas vezes causada pelo uso excessivo, tensão ou lesão. Por exemplo, as pessoas costumam provocar este tipo de lesão, a praticar desportos mais agressivos, a trabalhar no quintal ou a levantar algo muito pesado.

O envelhecimento desempenha um papel também. Os ossos e músculos tendem a perder força à medida que envelhecemos, o que aumenta o risco de lesões. Os discos intervertebrais podem sofrer desgaste e não fornecer o amortecimento suficiente entre as vértebras. Um disco com protuberâncias ou quebras (hérnia discal), pode pressionar os nervos, causando dores nas costas.

lombalgia

Em algumas pessoas, a lombalgia é o resultado de artrite, por fracturas em vértebras (fracturas por compressão) ou causada pela perda de massa óssea (osteoporose).

Muitas vezes os médicos não sabem a causa exacta da dor lombar. Mas é provável que se torne de longa duração (crónica) se não tomarmos medidas.

Quais são os sintomas?

Dependendo da causa, a dor lombar pode causar uma série de sintomas. Pode ser:

- Desconfortável, aguda e provocar ardor.

- Ser sentida num único ponto ou numa área ampla.

- Aparecer gradualmente ou subitamente.

- Ocorrer com espasmos musculares ou rigidez.

- Causa sintomas nas pernas, tais como, dor, dormência ou formigueiro, frequentemente estendendo abaixo do joelho. Esses sintomas podem ocorrer sozinhos ou em conjunto com a dor lombar. Os sintomas nas pernas são muitas vezes causados por problemas da coluna lombar que exerçam pressão sobre o nervo ciático.

Médicos dizem que a dor nas costas é:

- Aguda, se é um episódio esporádico de dor e dura menos de 3 meses. A maioria das dores nas costas é aguda e desaparece com 4 a 6 semanas com a tomada de medidas básicas.

- Recorrente, se os sintomas agudos voltarem. A maioria das pessoas tem pelo menos um episódio de dor nas costas recorrentes.

- Crónica, se a dor a incomoda na maioria das vezes por mais de 3 meses.

Como é tratada a lombalgia?

A maioria das lombalgias irá melhorar com o seguinte tratamento:

- Para o primeiro dia ou dois, repouso numa posição confortável (de costas com uma almofada debaixo dos joelhos ou de lado em S com uma almofada entre as pernas). Não fique em cada posição por muito tempo. A cada 2 a 3 horas, dê um passeio curto (cerca de 10 a 20 minutos) e depois descanse numa posição confortável de novo.

- Se necessário dirija-se ao seu médico para verificar a necessidade de tomar algum anti-inflamatório. Estes medicamentos geralmente funcionam melhor numa programação regular em vez de esperar até que a dor ser grave.

- Experimente usar uma almofada de aquecimento na zona ou um duche quente por 15 a 20 minutos a cada 2 ou 3 horas. Também pode tentar uma bolsa de gelo por 10 a 15 minutos a cada 2 a 3 horas. Não é certo que o calor ou o gelo o vai ajudar, mas pode experimentá-los para ver se ajuda.

- Logo que possível, volte às suas actividades normais. Ficar na cama por mais de 1 ou 2 dias pode enfraquecer os seus músculos e piorar o problema.

Caminhar é talvez o mais simples e o melhor exercício para a região lombar. Comece com caminhadas fáceis de 5 a 10 minutos por dia e gradualmente aumente o seu tempo. Caminhar na água até a cintura ou o peito é também um bom exercício.

Um médico ou um fisioterapeuta pode recomendar exercícios mais específicos para o ajudar a fortalecer os músculos das costas e abdominais. Estes podem incluir uma série de exercícios simples chamados estabilização do core.

Os músculos do seu tronco, suportam a sua coluna. Fortalecer estes músculos pode melhorar a sua postura, melhorar o equilíbrio e reduzir a probabilidade de lesão.

Algumas pessoas aliviam a dor, usando tratamentos como a massagem, a acupunctura. A sua eficácia varia de pessoa para pessoa. Pode sentir a necessidade de experimentar coisas diferentes para ver qual funciona melhor para si.

Se os sintomas forem graves, ou ainda os tiver após 2 semanas de auto-tratamento, consulte o seu médico. Você pode precisar de medicamentos mais fortes para a dor, e pode beneficiar de fisioterapia.

Apenas algumas poucas pessoas têm necessidade de cirurgia à lombar. A cirurgia pode ajudar se tem uma hérnia discal e dor nas costas, juntamente com sintomas de danos do nervo, tais como, formigueiro nas pernas. Mesmo nestes casos, a maioria das pessoas melhora sem cirurgia. Sabendo que a cirurgia não garante a eliminação da dor por completo. Antes de se sujeitar à cirurgia, é bom procurar uma segunda opinião.


Como pode prevenir para não voltar a ter as dores lombares?

Após ter dor lombar pela primeira vez, é provável voltar a ter. Para ajudar a manter a sua lombar saudável e evitar mais dor:

- Tenha uma boa postura quando estiver sentado, em pé e a caminhar.

- Faça exercício regular e de baixo impacto. Caminhar, nadar ou andar de bicicleta estacionária. Alongue antes e depois de fazer exercício.

- Calce uns sapatos de saltos baixos com um bom suporte.

- Vigie o seu peso. Estando pesado, especialmente em torno de sua cintura, coloca stress extra na sua lombar.

- Não tente levantar coisas que são demasiado pesadas. Quando o tiver de fazer, dobre os joelhos e mantenha as costas direitas, mantenha o objecto que vai levantar junto ao seu umbigo, e evite levantar e torcer ao mesmo. Se estiver sentado ou de pé por longos períodos de tempo no trabalho:

- Preste atenção à sua postura. Sente-se ou esteja em pé direito, com os ombros para trás.

- Certifique-se de sua cadeira tem um bom suporte nas costas.

- Faça pausas regulares para passear.


Mais artigos de Lombalgia

Dor lombar. O que fazer para prevenir.

Dor Ciática. Como prevenir?

Mais artigos de Lombalgia AQUI.

Artigos relacionados

Todos os exercícios para fortalecer a sua coluna

Treino de força



Regressar de Lombalgia para início de Guia-Fitness