Correr em esteira - Erros comuns

Correr em esteira/passadeira tem os seus benefícios, tais como, a protecção de elementos e condições de corrida inseguras. Mas também, quando corre indoors, tem de assegurar que corre correctamente e assim evita lesões, tirando o máximo proveito da sua corrida.

Deixamos em baixo, os erros mais comuns ao correr em esteira, a começar por não fazer aquecimento ou retorno à calma:

Erro #1: Não fazer aquecimento ou retorno à calma

É tentador começar o seu treino na esteira, e aumentar a velocidade e inclinação para os níveis desejados. Mas, tal quando corre no exterior, é importante fazer um aquecimento antes de iniciar a parte com maior intensidade da sua corrida.

Se você já se sentiu um pouco tonto logo após sair da esteira, é muito provável que seja porque você não fez o retorno à calma. Pode ter essa tentação mal o tempo chegue ao fim, mas ao parar bruscamente, pode causar tonturas, devido à queda repentina da sua frequência cardíaca pressão arterial. Após terminar o seu treino, assegure-se que faz um retorno à calma, caminhando ou fazendo um jogging ligeiro de 5 a 10 minutos, antes de sair da esteira.

Erro #2: Imprópria técnica / forma de correr

É comum nos principiantes, poder se sentir nervoso sobre a possibilidade de cair da esteira, então por vezes alteram a sua forma de correr e não fazem da mesma forma como fazem no exterior. Deve correr na esteira da mesma forma como corre na estrada.

Outro erro comum, é abrir a passada, apoiando o calcanhar bem mais à frente que o centro de gravidade do corpo. Parte da acção mecânica associada à passada de corrida é provocada pela cinta, não sendo a progressão da total responsabilidade da acções musculares, portanto controle a sua passada, mantendo os seus pés por baixo do seu corpo.

Erro #3: Agarrar os apoios laterais

É comum ver em academias pessoas agarradas aos apoios laterais. Existem alguns problemas associados a este hábito. Primeiro, leva a uma técnica incorrecta de corrida que pode conduzir a dores de pescoço, costas e ombros. Mantenha a sua postura direita e erecta. Deve manter o olhar em frente, costas direitas e os ombros alinhados.

Apoiando-se nos braços laterais, pode ter uma falsa sensação que consegue manter a cadência e treinar com intensidade, mas na realidade, está a reduzir a carga e a tornar mais fácil.

Experimente, não utilizar os apoios, como faz na rua. Se está preocupada se vai cair, provavelmente estará a correr para além da sua cadência ou com inclinação excessiva.


correr em esteira e passadeira

Erro #4: Não treinar com intensidade suficiente

Se é uma daquelas pessoas que consegue ler uma revista ao mesmo tempo que está a correr em esteira, é muito provável que não está a treinar com a intensidade suficiente. É importante ter dias de treinos mais fáceis (não ao ponto de ler revista), mas também ter outros em que tentamos nos levar a níveis mais elevadas para obter resultados.

Uma parte do seu treino, tente aumentar a sua velocidade ou inclinação até se sentir desafiado. Fazer um pouco de treino intervalado, onde corre rápido durante um período de tempo e depois recupera de seguida. Este é um ótimo meio de aumentar a intensidade do seu treino, mas não durante o treino todo. Pode fazê-lo uma ou duas vezes por semana (nunca consecutivos).

É ainda mais importante antes de treinos intervalados, fazer um aquecimento e retorno à calma adequados.

Erro #5: Sair da esteira em movimento

Uma das maiores causas de lesões, está associada à saída da esteira, quando esta está com velocidade elevada. Se necessita de ir à casa de banho, pegar a toalha, ou beber água, abrande o ritmo e baixe a inclinação. Mas a melhor opção é assegura-se que tem tudo que necessita, antes de começar a correr – toalha, água, MP3, etc. – assim não vai ter a tentação de sair.

Erro #6: Correr em esteira com a mesma cadência todo o treino

Não é boa ideia manter uma passada, durante todo o treino. Primeiro, deve fazer o aquecimento com 5 minutos de caminhada ou corrida ligeira. Também deve fazer o retorno à calma com 5 minutos do mesmo tipo de atividade.

Quando corre no exterior, também corre a diferentes velocidades, devido a diferentes fatores, tais como, tipo de piso, vento, subidas, mudança de condições atmosféricas. Então, imitando as condições exteriores, devemos variar a cadência e/ou a inclinação durante o treino. Irá também ajudar a prevenir de nos sentirmos aborrecidos na esteira.

Erro #7: Correr todo o treino com inclinação

Alguns corredores supõem que têm melhores resultados se cumprirem o treino por completo em plano inclinado. Mas esse tipo de treino nunca é uma boa ideia e pode conduzir a lesões.

Pense nisto: Alguma vez encontra uma subida de 5 kilometros com inclinação de 5 %?

Deve evitar correr em plano inclinado 5 minutos ou mais. Irá ter muito melhores resultados, se correr em esteira alguns minutos com inclinação, seguidos de alguns sem inclinação.

Deve também evitar, ultrapassar a inclinação de 7 %, porque pode causar demasiada pressão nas suas costas, joelhos e tornozelos.


Artigos relacionados

Queimar Gordura com mais eficiência NOVO

Fartlek

Fartlek ou Intervalado

Mais artigos Cardio


Regressar de Correr em Esteira para início de Guia-fitness